Escolas mapeadas pelo Programa Inovação e Criatividade, do Ministério da Educação (MEC), estão sendo visitadas, desde o mês passado, pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ). “O nosso objetivo é fortalecer as boas práticas e aproximar as secretarias e conselhos de educação dessas instituições”, afirma a coordenadora do CAO Educação, Bianca Mota de Moraes.

Na última quinta-feira, 28/07, com o promotor de Justiça da Infância e Juventude de Petrópolis, Vicente de Paula Mauro Junior, a coordenadora, sua equipe e as representantes do Grupo de Atuação Especializada em Educação (GAEDUC), Renata Carbonel e Renata Scharfstein, estiveram naquela cidade para conhecer o novo projeto em execução na Escola Municipal Alto Independência.

“Ficamos muito emocionados ao ver de perto um projeto que está em prática há menos de um ano já apresentando resultados tão significativos. Esta é a educação transformadora”, disse a pedagoga Yasmin Soares, da equipe técnica do CAO. Lá, ela conheceu a quase homônima Iasmyn Victória, de oito anos de idade, que é uma das 60 crianças do 3º ao 5º ano que participam do projeto. A unidade tem mais de 300 alunos, e se encontra em área de vulnerabilidade social.

O projeto conta com o apoio da Secretaria Municipal de Educação e tem como objetivo reconfigurar a prática escolar, promovendo maior qualidade da educação e o trabalho em comunidades de aprendizagem. O primeiro passo foi o encontro entre professores, funcionários e equipe gestora. Na visita, as professoras, que hoje são denominadas tutoras, Camila Alves e Claudia Ribeiro, falaram sobre suas experiências, que evoluíram do receio do novo ao entusiasmo com a inovação.

“Só trabalha aqui quem ama. Quem não ama não cabe aqui”, acredita Diego Macedo, psicólogo que atua como articulador local, em contato constante com o educador e coordenador pedagógico da Ecohabitare José Pacheco, idealizador da Escola da Ponte, referência em educação inovadora no planeta e maior inspiração do Independência.


Confira a matéria completa aqui.

 

promotores-do-mprj-visitam-projeto-independencia