Estórias da Velha Escola (VIII)

By | agosto 16th, 2019|Artigos|

Porto, fevereiro de 2040 Queridos netos, Pedi à Eliza que me emprestasse palavras para esta carta, excerto de um e-mail de há trinta anos: Não imaginas a minha alegria de ser compelida a ler, mesmo quando os olhos se fecham involuntariamente e a cabeça e o corpo clamam por repouso.  Obrigada, muito obrigada, por reacender [...]

Estórias da Velha Escola (VII)

By | agosto 13th, 2019|Artigos|

Guarulhos, maio de 2039 No tempo em que éreis jovens, o vosso avô cumpria a sua diáspora e era frequentador assíduo de aeroportos, como aquele de onde vos envia esta carta. Guarulhos foi palco de peculiares episódios. Certamente, ser-vos-á difícil de acreditar, mas, naquele tempo, imperava o medo de atentados. Para voar, o vosso avô [...]

Estórias da Velha Escola (VI)

By | agosto 7th, 2019|Artigos, Gaia Escola|

Cotia, janeiro de 2040 O episódio aqui descrito ocorreu no tempo do WhatsApp e do Facebook, que, há uns vinte anos, eram modos de as pessoas inventarem fofocas e conversarem sobre insignificâncias. Talvez já não vos recordeis desses apetrechos da era em que imperavam as chamadas tecnologias digitais de informação e comunicação. Estávamos no tempo [...]

Estórias da Velha Escola (V)

By | agosto 5th, 2019|Artigos|

Petrópolis, novembro de 2039 Netos queridos, Passei muito tempo no chão das escolas, ajudando educadores e aprendendo com eles. Com os jovens e não para os jovens, construía roteiros de estudo do currículo da subjetividade. E logo surgiam as inevitáveis perguntas, que me davam a conhecer indícios de necessidades, desejos, sonhos, que pudessem dar início [...]

Estórias da Velha Escola (IV)

By | agosto 1st, 2019|Artigos|

Lisboa, outubro de 2039 No tempo em que o vosso avô andava de escola em escola, tentando descolonizar mentes jovens, cansava-se de ler textos encimados pela palavra "redação", formatados em vinte linhas de lugares-comuns. Textos que diziam que a Primavera era uma estação do ano, que os passarinhos faziam ninhos, as flores nasciam nos campos [...]

Estórias da Velha Escolas (III)

By | julho 29th, 2019|Artigos|

São Lourenço de Minas, setembro de 2039 Queridos netos, Rubem Alves propunha que a educação fosse romântica. E eu propus que fosse, também… conspiradora. Assim, nasceram, no distante ano de 2004, os “Românticos Conspiradores”. Em 2013, os RC publicaram o “Terceiro Manifesto da Educação”. e deram origem à CONANE – Conferência Nacional de Alternativas para uma [...]

Estórias da Velha Escola (II)

By | julho 25th, 2019|Artigos|

Tavira, agosto de 2039 Netos queridos, Pretendo falar-vos de tempos velhos, para que não se apaguem da memória dos homens. Falar-vos-ei dos conturbados tempos vividos num Brasil doente, que o meu amigo Joelmir assim descrevia, nos idos de 2019: Vivemos o vazio deixado pelo apodrecimento do velho paradigma - que já não nos serve, não por [...]

Estórias da Velha Escola (I)

By | julho 23rd, 2019|Artigos, Gaia Escola|

Brasília, julho de 2039 Querida Alice, Quando nasceste, enviei-te cartas com data de 2007. Nelas, eu te descrevi a escola do início de século, augurando uma escola acolhedora na idade de ires à escola. Dois anos decorridos, idênticas mensagens eu enviei ao Marcos. Retomo, agora, o exercício epistolar, iniciado na primeira década do vigésimo primeiro [...]

Planos de inovação

By | julho 8th, 2019|Artigos|

Um “plano de inovação” justifica-se por fazer cumprir os princípios e finalidades da educação nacional e os objetivos do ensino básico e secundário, conforme expresso na Constituição e na Lei de Bases portuguesa. Assume-se o princípio de que é preciso rever os conceitos de educação e de aprendizagem, bem como reconfigurar as práticas escolares. E, [...]

Caso encerrado

By | junho 25th, 2019|Artigos|

O senhor Torgal voltou a invectivar-me. Quando recebi a notícia da publicação de novo artigo, eu estava na Universidade de Brasília, junto da mangueira onde Agostinho da Silva se abrigava do calor tropical. Talvez não seja por acaso que há acasos. No espólio desse mestre exilado, tenho encontrado explicação para a insistência do articulista e [...]