Categorias

About Amanda Mann

Esse autor ainda não preencheu quaisquer detalhes.
So far Amanda Mann has created 541 blog entries.

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CDXCIV)

By | abril 9th, 2021|Artigos|

Canas de Senhorim, 6 de abril de 2041 No último terço do mês de março de há vinte anos, a tragédia anunciada registrava mais de 3000 mortes diárias. No último dia desse mês, com 3.950 mortes por Covid-19 em 24 horas, o Brasil batia um novo e triste recorde de óbitos. Tal era o tamanho do [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CDXCIII)

By | abril 7th, 2021|Artigos|

Meda, 8 de abril de 2041 Recordais-vos, certamente, de vos ter falado de um velho rascunho encontrado entre outras antiguidades, num armário da casa velha. Nesse papelinho estavam inscritas propostas de tarefas como: “Construir um cenário para a educação local, com base nos indicadores de implementação do projeto; identificar o potencial local para construção de [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CDXCII)

By | abril 6th, 2021|Artigos|

Aguiar da Beira, 7 de abril de 2041 O Miro percorreu a via-sacra do instrucionismo até chegar àquela escola, por recomendação de uma técnica de serviço social e de uma psicóloga. Passara pelo ensino especial e por outros padecimentos. Um professor aproximou-se e propôs-lhe que escrevesse as suas primeiras impressões da nova escola.  “Não sei, [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CDXCI)

By | abril 5th, 2021|Artigos|

Celorico da Beira, 5 de abril de 2041 Janusz Korczak, professor que pereceu nas câmaras de gás nazis, escreveu: “A escola é um pobre comércio de medos e ameaças, boutique de bugigangas morais, botequim onde é servida uma ciência desnaturada, que intimida, confunde e entorpece.”  Se não tivesse acabado os seus dias num campo de [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CDXC)

By | abril 4th, 2021|Artigos|

Gaia, 3 de abril de 2041 O termo hebraico Pesach está na origem da palavra Páscoa e significa “passagem”. Simbolicamente, Páscoa é oportunidade para refletir sobre vida ressignificada. A Páscoa da aprendizagem começou a ser celebrada há vinte anos, em pleno pico da pandemia. A Páscoa de 2021 foi um anúncio de ressurreição, o início de [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CDLXXXIX)

By | abril 3rd, 2021|Artigos|

Pampilhosa da Serra, 4 de abril de 2041 Conheci o Miguel num congresso de professores tão fraterno e participado como há muito não via. Esse exímio contador de histórias falou de um navio à deriva, cuja tripulação adoecera por falta de água potável. O telegrafista lançava sucessivos apelos: “S.O.S., precisamos de água!... S.O.S., precisamos de [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CDLXXXVIII)

By | abril 2nd, 2021|Artigos|

Santa Senhorinha, 2 de abril de 2041 Volto a citar o amigo Wilson: “Faltando um quarto de século para o fim do século XX, aparecia em Portugal uma outra maneira de se fazer funcionar uma escola, algo diferente daquela que se estruturou após a revolução industrial. Diferente em muitos aspectos. Numa primeira olhada, destaca-se o [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CDLXXXVII)

By | abril 1st, 2021|Artigos|

Candal, no primeiro dia de abril de 2041 Querido Marcos,  Querida Alice, Surpresa! Esta cartinha não é uma “arapuca” do “dia dos enganos”. É verdade. Voltei a Portugal, já perto de completar noventa anos, para vos abraçar e para participar da instalação de um museu. Isso mesmo: um museu, que documente êxitos e adversidades por [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CDLXXXVI)

By | março 31st, 2021|Artigos|

Passos, 31 de março de 2041 Em 2041, os sociólogos ainda não conseguem encontrar um modelo teórico que consiga explicar dinâmicas sociais dos idos de vinte. Os modelos descritivos até hoje utilizados, as análises objetivas, as sondagens, as estatísticas enviesam as conclusões dos estudos. Os antropólogos ainda se mostram impotentes para decifrar mistérios detectados no [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CDLXXXV)

By | março 30th, 2021|Artigos|

Araxá, 30 de março de 2041 Há quase um século, Fernando de Azevedo avisava:  “O que é bom para os Estados Unidos pode não ser bom para nós”.  No Brasil, o “nortear” (aquilo que vinha do Norte) sempre fora regra nas iniciativas de política educacional Nos idos de vinte, novas modas provindas do Norte, injetavam [...]