Categorias

About Amanda Mann

Esse autor ainda não preencheu quaisquer detalhes.
So far Amanda Mann has created 212 blog entries.

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CXXV)

By | junho 9th, 2020|Artigos|

Ubatuba, 09 de junho de 2040 A minha amiga Teca era uma maravilhosa contadora de estórias. Do livro por ela escrito, há quase três décadas, extraí o seguinte episódio. “A professora apareceu na minha sala com os cabelos em pé, boquiaberta, com um caderno na mão e me disse: “Teca olhe este caderno...!” Peguei o [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CXXIV)

By | junho 8th, 2020|Artigos|

Paracatú, 08 de junho de 2040 Nos primeiros dias de junho desse distante 2020, sucederam-se manifestações contra o racismo, que o Galeano definiu deste modo: ”para dizer cegos, diz-se não visuais, um negro é um homem de cor”. O racismo se aprendia na família, na sociedade, na escola, numa escola que, nesse tempo, ainda reproduzia [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CXXIII)

By | junho 7th, 2020|Artigos|

Patos de Minas, 07 de junho de 2040 Apelei a uma réstea de paciência e assisti a dez minutos de outra aula televisionada. O professor ia lendo palavras associadas a imagens inscritas no quadro negro digital: “Por exemplo, Se repararem, a palavra candeeiro tem ali dois és. É uma palavra difícil. E a palavra “assobiar”. Aqui [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CXXII)

By | junho 6th, 2020|Artigos|

Anápolis, 06 de junho de 2040 Caro José, partilho este link porque fiquei tão angustiada ao ver esta aula, que não sabia o que fazer. Lembrei-me de a enviar a si. Tinha a certeza de que iria entender a minha angústia. Ao cabo de dezenas de mensagens como essa, dei-me ao trabalho de assistir a [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CXXI)

By | junho 5th, 2020|Artigos|

Barra do Garças, 05 de junho de 2040 Há cerca de quarenta anos, uma pesquisa concluía que, até cerca dos cinco anos de idade, quase todas as crianças faziam perguntas de modo espontâneo: Por que é que o céu é azul? De onde vêm os bebês? Tio Zé, por que é que o teu olho [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CXX)

By | junho 4th, 2020|Artigos|

Goianésia, 04 de junho de 2040 Como vos disse em carta anterior, a administração do Distrito Federal ignorou a crítica construtiva de uma professora e nem sequer deu resposta a um documento, que denotava bom senso e sentido de responsabilidade. A professora tinha mais consciência da situação do que os autores do documento da “gestão [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CXIX)

By | junho 3rd, 2020|Artigos|

Mambaí, 03 de junho de 2040 Nesse mês de junho, escolas particulares antecipavam as férias de janeiro e fevereiro, “para que os professores pudessem ser preparados para as aulas online”. E empresas de ensinagem praticavam um marketing agressivo. Exploravam a fragilidade do sistema público de ensino. Tiravam partido das dificuldades sentidas pelas famílias, prometendo soluções [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CXVIII)

By | junho 2nd, 2020|Artigos|

Sudoeste, 02 de junho de 2040 O Prós e Contras era um programa de grande audiência da televisão portuguesa. Na terceira semana de maio de 2020, o assunto a debater era a educação em tempo de pandemia. Logo no início do programa, o locutor disse que, com a pandemia “o ensino não iria voltar a [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CXVII)

By | junho 1st, 2020|Artigos|

Octogonal do Distrito Federal, 01 de junho de 2040 Os projectos de mudança e de inovação sempre estiveram sujeitos à erosão do tempo e das conjunturas. No início de junho de 2020, ainda vivíamos tempos sombrios. Aproveitando marés de ignorância e o fracasso das chamadas “tele aulas”, os adeptos do dito “ensino tradicional” atiraram-se com [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (CXVI)

By | maio 31st, 2020|Artigos|

Vila Madalena, 31 de maio de 2040 Em finais de maio de 2020, elogios fúnebres enalteciam um ser humano incomum. O desaparecimento de Gilberto Dimenstein era “uma perda imensa para o jornalismo brasileiro”. Assim o definiam: “Um homem íntegro, inspiração para a minha geração. Um dos principais expoentes do jornalismo brasileiro. Inquieto e dinâmico, deu voz [...]