Categorias

About Amanda Mann

Esse autor ainda não preencheu quaisquer detalhes.
So far Amanda Mann has created 115 blog entries.

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (LV)

By | março 12th, 2020|Artigos|

Caetité, 12 de março de 2040 Ontem, completaram-se 69 anos sobre o dia em que Anísio Teixeira foi assassinado. Como não é por acaso que há acasos, estou em viagem, prestes a chegar a… Caetité. Isso mesmo: irei revisitar a casa onde Anísio viveu os últimos anos da sua vida. Visitei-a quando adentrei os cafundós [...]

Novas Histórias dos Tempos da Velha Escola (LIV)

By | março 8th, 2020|Artigos|

  Transcrevo parte de uma carta recebida do amigo Sérgio, vinte anos atrás. Entre Bom Jesus dos Perdões e Atibaia, se gestava um dos mais belos projetos de que vos dou notícia. E o Sérgio pressentia que a maldade humana rondava aquele lugar. Assisti a criação do Projeto Rosende. Já conhecia a Janaina, passei a [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (LIII)

By | março 6th, 2020|Artigos|

Osasco, 5 de março de 2040 Como vos disse, o sonho de um homem bom havia sido concretizado e, em 2015, a Escola do Projeto Âncora viria a ser considerada por curadorias internacionais como uma das melhores escolas do século XXI. Porém, no início de 2020, as redes sociais faziam eco da sua agonia e [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (LII)

By | março 6th, 2020|Artigos|

Granja Viana, no primeiro dia de março de 2040 Neste dia de há exatos vinte e nove anos, falecia o meu amigo Walter Steurer. Chamo-lhe amigo, mas poderia chamar-lhe irmão, porque irmanados num mesmo propósito: salvar vidas de jovens. Foi isso que o amigo Walter me pediu, em 2007, quando nos conhecemos. Disso dá conta [...]

Novas Histórias do Tempo da Velha Escola (LI)

By | fevereiro 27th, 2020|Artigos|

Algures, em fevereiro de 2040, Queridos netos, Esta deveria ser a derradeira carta de um já extenso rol. Mas será a primeira de um novo ciclo e espero que tenhais paciência para partilhar memórias deste idoso e resiliente educador. Pela sua leitura, concluireis que, como escrevi no livrinho para o Marcos (*), os projetos (conhecidos [...]

Estórias da Velha Escola (L)

By | fevereiro 17th, 2020|Artigos|

São Tomé de Negrelos, fevereiro de 2040 No fevereiro de há vinte anos, o meu amigo David palestrava no Centro Cultural de Vila das Aves. Mesmo ao lado do local onde, há 64 anos, o projeto Fazer a Ponte nasceu. 64 anos! A vida é breve. Na minha provecta idade, sinto que o tempo foge,enquanto [...]

Estórias da Velha Escola (XLIX)

By | fevereiro 11th, 2020|Artigos|

Águeda, janeiro de 2040 Continuando a breve viagem por Portugal, regressei a Águeda, para “palestrar” numa conferência sobre inovação em educação – mais uma oportunidade de rever amigos: o Rui, responsável nacional da formação de professores e o Henrique, diretor de um centro de formação. Conheci o Rui, quando jovem candidato a professor. Acompanhei-o até [...]

Estórias da Velha Escola (XLVIII)

By | fevereiro 7th, 2020|Artigos|

Taguatinga, fevereiro de 2040 Queridos netos, no tempo em que os vossos olhos se habituavam ao céu do sul da vossa infância, o vosso avô atravessava esse mesmo céu no ventre de um pássaro de metal, respondendo aos apelos de educadores sequiosos do fermento que faz levedar os sonhos. Nesse tempo, também as palavras voavam, [...]

Estórias da Velha Escola (XLVII)

By | fevereiro 2nd, 2020|Artigos|

Seia, fevereiro de 2040 Ainda em terras portuguesas, ainda evocando o Holocausto, para vos falar de um educador de nome Korczak (pseudônimo de Henryk Goldszmit). Fixai bem o nome deste insigne pedagogo, médico, pediatra, escritor, ativista social e oficial do exército polaco. Foi precursor de iniciativas em prol dos direitos da criança. No seu diário [...]

Estórias da Velha Escola (XLVI)

By | janeiro 31st, 2020|Artigos|

Santa Comba, janeiro de 2040 Enquanto estivermos vivos, é nosso dever falar aos que não eram nascidos, para que saibam até onde se pode chegar – palavras de Primo Levi, sobrevivente de Auschwitz. Um psiquiatra holandês, que assistiu à libertação do campo da morte dizia ser preciso anotar, “para todos ficarem a saber e nunca [...]